• ITD

Temporada reprodutiva da tartarugas marinhas no Piauí


O trabalho de Pesquisa de Manejo e Conservação das tartarugas marinhas no litoral do Norte do Brasil, em particular na região da APA Delta do Parnaíba, vem sendo realizado há mais de 11 anos pelo Instituto Tartarugas do Delta e como resultado positivo, conseguimos identificar áreas prioritárias para desova e as espécies que utilizam esse território durante o comportamento reprodutivo.

No ano de 2014 o Instituto Tartarugas do Delta marcou com anilhas as primeiras fêmeas no litoral do Piauí isso possibilitou acompanhar as fêmeas durante os monitoramentos noturnos, flagramos estes animais e protegemos os ninhos até o momento do nascimento dos filhotes.

No litoral do Piauí já foram flagradas mais de 100 fêmeas em atividade reprodutiva. Estes animais frequentam nossas praias a cada dois ou três anos para confeccionar os ninhos. Anualmente liberamos mais de sete mil filhotes. De acordo com a estimativa, a cada mil filhotes que nascem, um ou dois retornarão após 25 anos para mesma área que nasceram para se reproduzir.

Entendemos que um dos maiores desafios dos trabalhos de conservação é garantir a manutenção dos ecossistemas e proteção das praias de nidificação. Em 2019 foram registrados 118 ninhos com ocorrências nas praias do município de Luís Correia (PI) e Ilha dos Poldros, Delta do Parnaíba (MA). A temporada segue até o mês de julho.

Projeto Rotas da Conservação é executado pelo Instituto Tartarugas do Delta e financiado pela Shell Brasil com recursos da cláusula de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (Cláusulas P&D) dos contratos de concessão da Agência Nacional do Petróleo (ANP).


0 visualização
PATRIMÔNIO NATURAL
 
DESDE 2016

© 2017 - Instituto Tartarugas do Delta - ITD - By: Werlayne Mendes