HISTÓRICO DA INSTITUIÇÃO

O Grupo Tartarugas do Delta nasceu do compromisso ambiental de biólogos e voluntários interessados na conservação das tartarugas marinhas no litoral piauiense.

 

Em 2006, foi realizado o contato com o projeto TAMAR e IBAMA/ICMbio e posteriormente, iniciou-se o trabalhos de monitoramentos.

Em 2009 através da parceria com a Associação Comunitária de Desenvolvimento da praia do Arrombado – ACOPA, o Tartarugas do Delta foi contemplado no edital da Fundação O Boticário de Proteção da Natureza.

Em 2010 através da parceria com a Comissão Ilha Ativa, o projeto foi contemplado na seleção pública do Programa Petrobras Ambiental – PPA.

Em 2012, Tartarugas do Delta passar ser pessoa jurídica (Instituto Tartarugas do Delta). Além disso, formalizamos parceria com o SESC Piauí, para fortalecer ações educativas.

Em 2013, o Instituto foi contemplado no Programa Petrobras ambiental, através do projeto Biomade (Biodiversidade marinha do Delta).

Em 2016 a tartaruga marinha foi reconhecida com Patrimônio Natural dos municípios de Parnaíba e Luís Correia e reconhecida como Patrimônio do Estado juntamente com cavalo-marinho e peixe-boi.

Em 2017, o Instituto recebeu título de Utilidade pública do município de Luís Correia (PI).

Em 2018, o Instituto foi financiado pela Shell Brasil através dos recursos da cláusula de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação dos contratos de concessão da Agência Nacional do Petróleo (ANP), para realização de pesquisas para ampliar conhecimento sobre a tartarugas-de-couro e o camurupim na região da APA Delta do Parnaíba.

EQUIPE:

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

PATRIMÔNIO NATURAL
 
DESDE 2016
Imagem2.png